IMG_6383
Diário de Bordo

Tem dia que até cachorro te consegue hospedagem

Por on 30 de julho de 2017

Ah os cantos e encantos de viajar numa bicicleta! Para quem não é desse mundo ou não tem a veia aventureira, talvez seja difícil de entender algumas dessas passagens, mas eu me esforço para explicar para que todos possam sentir um pouco o que é esse universo. Não se trata de economizar numa refeição ou estadia, se trata de conquistar o seu teto e preparar a sua comida. Se trata de uma expressão de liberdade.

Neste dia eu deixei Águas Calientes (não a famosa ao lado de Machu Pichu) e pedalei 87km até Cusipata, última parada antes de Cusco. Foi mais um dia repleto de curvas lindas. Viajei acompanhado quase o tempo todo por esse rio de forte corrente. As subidas eram menos inclinadas que as descidas e o verde predominava na paisagem.

Enquanto viajava comecei a pensar que gostaria de acampar perto deste rio e curtir o entardecer com a sinfonia das águas. Parei de pedalar as 16h e logo achei um lugar perfeito acima do rio com uma bela vista. Ao parar a bike fui surpreendido por esse cachorrão, o Cuncho! Uma espécie masculina de Priscila da TV Colosso (Google it para os mais jovens). Tomei um susto porque ele veio correndo na minha direção e pulou no meu peito…mas claro que só queria brincar. Deixei a bike e fiquei ali brincando um tempão com ele…depois decidi segui-lo para ver se achava seu “pai” pra perguntar se ali era tranquilo pra acampar.

Cuncho me levou pra dentro de um Lodge. Um lugar de rafting e tirolesa e ali encontrei o Victor. Papo vai papo vem, Victor me disse que estava esperando uma excursão somente para a manhã seguinte e que eu nao precisaria acampar, já que ele tinha quartos que não seriam ocupados.

Que alegria!!.

Ele me permitiu cozinhar no jardim e fiz a minha comida mais gostosa da viagem: arroz com quinoa negra refogados com cogumelos, cebola, alho e tomate. Pode ser que a mágica da viagem fez a comida deliciosa, podia ser só muita fome…mas que estava maravilhoso, estava! 👨🏽‍🍳

Sobre conquistar lugares para dormir? Desta vez eu fui conquistado. Primeiro pelo Cuncho, depois pela hospitalidade do peruano.

Esse foi mais um daqueles dias para dormir com o sorriso no rosto e os olhos cheios de brilho de emoção.

TAGS
POSTS RELACIONADOS
Spot2 Insta2
O que levar numa cicloviagem?

1 de novembro de 2017

Hemsul
Metade do mundo do lado de cá 

1 de novembro de 2017

9CA536D2-7755-4B89-9C61-E7CA0426F82F
Do mar ao glaciar

17 de outubro de 2017

O tempo

8 de setembro de 2017

three_master_in_a_storm
Mar calmo nunca fez bom marinheiro

16 de agosto de 2017

Captura de Tela 2017-07-31 às 15.50.23
De Cusco a Machu Pichu em bicicleta

31 de julho de 2017

IMG_6052
Que dia é hoje?

30 de julho de 2017

Primeira noite no Peru

30 de julho de 2017

Captura de Tela 2017-07-31 às 17.12.25
Mercado Central

30 de julho de 2017

ADORAMOS COMENTÁRIOS, DEIXE O SEU!

Isra 🇧🇷
Santos - SP

Jornalista, Israel Coifman é paulista de Santos e tem 34 anos. A paixão pelo esporte levou-o à profissão e o trabalho lhe apresentou o mundo. Passou por empresas como MTV, ESPN e Mowa Sports e por seis anos rodou o planeta cobrindo a seleção brasileira de futebol. Começou como freelancer e foi editor, repórter, produtor, videomaker, diretor de fotografia e deixou a função de head de video da agência Mowa Sports para ir atrás de um sonho genuinamente seu: viajar o mundo de bicicleta.

Últimos Posts
Like us on Facebook
Publicidade