Diário de Bordo

O dia mais longo

Por on 17 de junho de 2018

Nunca pedalei tanto num dia só. Há muito tempo não vivia um dia como onde hoje. Do desânimo à Euforia. Da mente jogando contra para a mente que te diz que podemos o que quisermos. Nada atrapalhou! Nem os 50 graus, nem os 40 quilômetros insanos de subida logo de início, nem ter que remendar o pneu no asfalto escaldante, que furou porque me distraí vendo camelos e passei em velocidade em cima de uma pedra grande.

Vieram mais de 50km planos e uns 40 de pura descida. Hoje foi um daqueles dias que me lembraram o porquê que estou aqui, fazendo isso da minha vida. E porque eu gosto tanto.

A meta eram 80km, mas em dado momento determinei que este seria o meu último dia na Jordânia. Um país querido, de dias difíceis. Saí de Israel pelo norte, voltei pelo sul! Foi a primeira vez que tive a sensação de retornar pra casa desde que saí do Brasil.

Eram 20h da noite, com um pouco de luz no céu e eu estava mergulhando no mar vermelho, para lavar a alma, o corpo e curar as feridas. E o dia terminou com 139km, marcas do sol e do sorriso no rosto.

TAGS
POSTS RELACIONADOS
8438EC32-29CB-4986-9768-A51FFA279649
Em 24h deixei o Círculo Polar Ártico, pedalei na neve e fui pra cadeia

6 de outubro de 2018

40158434_2300740299966435_6327356115503808512_o
Os ventos do norte

15 de agosto de 2018

Screen Shot 2018-10-15 at 18.55.30
Quem somos nós?

15 de maio de 2018

Screen Shot 2018-03-21 at 19.21.13
Quer viajar nas férias?

21 de março de 2018

Screen Shot 2018-10-15 at 18.32.16

12 de dezembro de 2017

Screen Shot 2018-10-15 at 18.28.45
Últimos dias de Equador

15 de novembro de 2017

Spot2 Insta2
O que levar numa cicloviagem?

1 de novembro de 2017

Hemsul
Metade do mundo do lado de cá 

1 de novembro de 2017

9CA536D2-7755-4B89-9C61-E7CA0426F82F
Do mar ao glaciar

17 de outubro de 2017

ADORAMOS COMENTÁRIOS, DEIXE O SEU!

Isra
Santos - SP

Jornalista, Israel Coifman é paulista de Santos e tem 35 anos. A paixão pelo esporte levou-o à profissão e o trabalho lhe apresentou o mundo. Passou por empresas como MTV, ESPN e Mowa Sports e por seis anos rodou o planeta cobrindo a seleção brasileira de futebol. Começou como freelancer e foi editor, repórter, produtor, videomaker, diretor de fotografia e deixou a função de head de video da agência Mowa Sports para ir atrás de um sonho genuinamente seu: viajar o mundo de bicicleta.

Últimos Posts
Like us on Facebook
Publicidade